quarta-feira, 5 de maio de 2010

Santo Daime:Alucinação e Crime



Fundador da Igreja Céu de Maria, o cartunista Glauco foi juntamente com o seu filho Raoni, assassinado por Carlos Eduardo Sundfld Nunes, esquizofrênico, viciado em cocaína e maconha, que procurou na Igreja uma forma de se livrar do vicio.

O Daime é formado pela mistura de duas plantas nativas da Amazônia: o cipó-jagube e a erva-rainha; que trituradas e cozidas formam um potente alucinógeno causador de alterações emocionais, delírios e perda de consciência.

Legalizado em 1992 pelo governo brasileiro para uso em seitas religiosas, sem estudos científicos aprofundados e seguros sobre os riscos para a saúde mental daqueles que fazem uso constante na forma de chá, o Santo Daime é utilizado sem limites, ao contrario do que uma substancia química e alucinógena deveria ter.

Enquanto isso testemunhamos esse trágico episodio em que uma droga travestida de ritual sagrado certamente foi de grande contribuição.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir