quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Poesia "Exílio de fome"

Exílio de fome

Minha casa tem como almoço
açaí com jabá.
Os lanches que aqui como
não caem bem como os de lá.

Minha casa tem mais carinhos,
minha mãe tem mais amores.
Minha geladeira tem mais comida,
minha comida, meus amores.

Em andar sozinha pela universidade
mais prazer eu encontro lá.
Minha casa tem como almoço
açaí com jabá.

Minha casa tem meus irmãos
que tais não estudam cá.
Em andar sozinha pela universidade
mais prazer eu encontro lá.

Não permita professora que eu morra
sem que eu volte para lá,
sem que eu desfrute do meu gato
que aqui não pode entrar.
Sem que eu aviste sobre a mesa
açaí com jabá.


Texto feito a pedido da professora Livia Barbosa na disciplina Literatura e Comunicação, na hora do almoço, e a cabeça não conseguia pensar em outra coisa a não ser comida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário