sábado, 28 de julho de 2012

Cine Olympia: patrimônio parado

Sala de projeção do Cine Olympia - Foto: Deborah Cabral
Sala com lotação esgotada. Gente na porta querendo entrar. Essa era a cara do Festival de Filmes de Terror que o Cine Olympia estava realizando desde o dia 03 de julho, quando abriu sua programação com clássico Frankenstein de 1931.

A temática do terror prometia tanto quanto a anterior, do Festival Charlie Chaplin, que aconteceu de 19 de junho a 01 de julho.

Porém na quinta-feira, 19, um comunicado no blog do Cine Olympia veio avisar a todos que "em decorrência de problemas técnicos no sistema elétrico no cinema Olympia, o Festival de Filmes de Terror será temporariamente suspenso. Providências estão sendo tomadas para solucionar o problema o mais breve possível. " 
Com recém completados 100 anos, o Olympia, cinema mais antigo em funcionamento do Brasil, ainda deixa muito a desejar. Sua programação é impecável, sempre trazendo filmes inesquecíveis e impressionantes, porém, no que tange a sua estrutura, um restauro é fundamental e urgente.
As clássicas poltronas vermelhas do Cine Olympia ficam empilhadas aguardando restauro - Foto: Deborah Cabral
Não é só o seu sistema elétrico que tem problemas, não pode acontecer uma chuva mais forte que o cinema fica alagado, difícil até para os funcionários darem conta da manutenção.
Funcionário do Olympia enxugando a lateral direita do cinema, resultado de inúmeras goteiras. - Foto: Deborah Cabral

E quando não é a chuva é o calor, já faz muito tempo que a sala de projeção do Cine Olympia esta fervendo, um espaço maravilhoso, mas que está quase insuportável de tão quente. As reclamações são constantes.
Público usa as redes sociais para cobrar soluções
Esse post é uma apelo para que a Prefeitura de Belém, na pessoa do Srº Prefeito Duciomar Costa olhe para o Olympia com mais atenção. O Centenário aconteceu, o Olympia foi tombado, agora é patrimônio de Belém, mas o presente ainda não foi entregue.